segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

CAMPO DE SÃO CRISTOVÃO

Inauguração do Campo de São Cristóvão em 11 de novembro de 1906.
A origem do nome Campo de São Cristóvão tem sua história atrelada ao início do bairro pois ali era um rossio utilizado por viajantes e tropeiros nas transações com o sertão, o interior.





Campo de São Cristóvão - Final do Séc. XIX













No início do Séc. XIX, e daí em diante, passaram a ser realizadas feiras de gado e exercícios dos batalhões da rua Guarda da Quinta, depois denominada Bela de São João.



Campo de São Cristóvão - Início do Séc. XX








Campo de São Cristóvão (Colégio Pedro II) - Início do Séc. XX



Com o tempo foram aumentadas as áreas do local através de aterros, passando a funcionar ali barracas de diversão pública e mercados em razão das facilidades propiciadas pelo cais da igrejinha para a chegada de mercadorias e pela rua São Luiz Gonzaga para acesso dos cultivadores vindos do interior, além da estrada de Ferro Rio Douro que tinha ponto de partida no bairro.


Campo de São Cristóvão - 1906




Campo de São Cristóvão (Coreto) – 1906



Posteriormente, o Campo foi incluído no programa de reformas de Pereira Passos atendendo às queixas de moradores quanto à limpeza e iluminação locais.



Campo de São Cristóvão - 1911




Campo de São Cristóvão - 1922


Até a metade do século passado o parque do Campo era utilizado para lazer popular. Em fins da década de 50 passou a ser ponto final dos caminhões que vinham do Nordeste.