segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

ELEVADO PAULO DE FRONTIN


Ao meio-dia do sábado 21/11/1971, 122 metros do Elevado da Avenida Paulo de Frontin desabaram matando 28 pessoas e ferindo outras 30, além de esmagar 17 automóveis, três táxis, um caminhão e um ônibus. 

A tragédia ocorreu quando um caminhão-betoneira, com oito toneladas de cimento e pedra, passava sobre o elevado em construção na altura do cruzamento com a Rua Haddock Lobo. 

Consta que as famílias dos passageiros do ônibus foram indenizadas pela transportadora mas outras vítimas penaram nos tribunais e não tiveram solução para seus casos.

Foi um dos maiores desastres dos últimos 50 anos no Rio de Janeiro.





Elevado Paulo de Frontin – 1971 (Desabamento)



Elevado Paulo de Frontin – 1973 





Depois do Desabamento em 1971, pouco antes da inauguração em 1974, um teste de carga com 3 caminhões em cada sentido, carregados de sacos de cimento. Pra quem não sabe, no Elevado Paulo de Frontin só há duas pistas em cada sentido, ou seja o Elevado Paulo de Frontin passou no teste de carga, com uma folgada margem de segurança.




Inauguração.

Elevado Paulo de Frontin – 1974